sexta-feira, 11 de setembro de 2009

A ter um dia daqueles em que me apetecia não ter nascido...

3 comentários:

  1. Troquei as voltas a um Golfinho feliz
    Afagei a cria de uma Baleia azul
    Confundi uma nuvem com ilha encantada
    Perdi-me na rota entre o Norte e o Sul

    Aprisionei o olhar de uma gaivota
    Enchi a alma com penas de imensa leveza
    Enchi o coração de doce maresia
    Adormeci nos braços da incerteza

    Vem viajar comigo no meu barco de papel


    Bom domingo

    Doce beijo

    ResponderEliminar
  2. É nesses dias que sentimos o que é estar viva... apesar de desejarmos desaparecer... só o sentimos poruqe cá estamos ! E estar cá, o final de conrtas, é tão bom! =) Love U my dear

    ResponderEliminar